Dermatite Atópica

A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica da pele que apresenta uma evolução cíclica ,com períodos de melhora e piora. A etiologia não é exatamente conhecida, sendo multifatorial. Observa-se um caráter familiar e freqüentemente está associada à asma ou bronquite e rinite alérgica.

O principal sintoma é a coceira, que pode começar antes mesmo das lesões cutâneas se manifestarem. As lesões de pele caracteriza-se por lesões inflamadas , avermelhadas, que coçam, descamam e, às vezes, ficam úmidas. Inicia-se no primeiro ano de vida, na maioria dos casos; tem uma evolução crônica ,e cerca de 60% das crianças apresentam redução ou desaparecimento das lesões antes da adolescência. No bebê, as lesões predominam na face e nas superfícies externas dos braços e pernas.

Com o ato de coçar, as lesões podem se tornar escoriadas e podem sofrer infecção secundária.

Portadores de dermatite atópica apresentam uma incidência maior de infecções bacterianas, fúngicas ou virais da pele. Apesar da melhora gradativa da doença com a progressão da idade, o paciente com dermatite atópica tende a manter, durante toda a sua vida, uma pele ressecada, que se irrita facilmente.

A chave para o controle da dermatite atópica é evitar ou reduzir a exposição aos fatores desencadeantes e tratar as crises agudas.