Melasma

O melasma é uma doença de pele caracterizada por manchas castanho escuras que ocorrem principalmente na face, mas que podem acometer face extensora de braços e terço superior do tronco.

Sua causa ainda não está bem esclarecida. A exposição solar é fator importante, mas também há relação com fatores hormonais, vasculares, luz em geral, calor, estresse, hormônios, medicações, doenças, traumas, queimaduras e predisposição genética . A célula que produz a melanina chamada melanócito é uma célula complexa, muito responsiva, sensível e que reage produzindo mais pigmento por qualquer irritação ou desequilíbrio no local.

Afeta ambos os sexos, com maior incidência em mulheres, especialmente gestantes.

O tratamento do melasma tem como principal objetivo o clareamento das lesões, prevenção e redução da área afetada, e inclui o uso de clareadores e filtros solares físicos ou orgânicos,  associados a protetores com pigmento. Existem dois tipos de filtro solar: aquele que tem moléculas que reagem com o sol e transforma a luz em calor ,e aqueles que formam uma barreira ,onde o sol bate e reflete. No caso do tratamento do melasma ,o ideal é que seja utilizado um filtro físico para rebater a luz, em vez de transformá-la em calor, o que pode, inclusive, piorar o melasma. O pigmento associado ao filtro também é importante, pois ele protege da luz visível, que é encontrada em lâmpadas e computadores.